content top

As más línguas falam mal, as boas causam orgasmos

liguas

Leia Mais

Publicitário front-end, músico, poeta e ninja. Busca sempre uma forma de se auto-completar. Gosta de lutar por suas conquistas. Apreciador de cerveja e mulheres, sempre tem uma boa história pra contar!

Depilação é vida!

Depilar é vida!

Leia Mais

Publicitário front-end, músico, poeta e ninja. Busca sempre uma forma de se auto-completar. Gosta de lutar por suas conquistas. Apreciador de cerveja e mulheres, sempre tem uma boa história pra contar!

Conheça as leis mais bizarras sobre sexo

Leis-basicas-e-engracadas-tudo-e-verdade

Diversas leis são criadas ao redor do mundo com o objetivo de proteger a população de crimes sexuais. É unanime em todo o planeta – independente de hemisférios ou religiões locais, o entendimento que a prática sexual sem o consentimento de uma das partes ou com crianças pequenas são atos graves, e para inibir situações deste tipo são criadas as leis sexuais.

Porém, algumas leis sexuais são elaboradas também conforme o que se considera boas práticas ou más práticas com relação a sexo de acordo com a cultura da região. Este estabelecimento de regras, que deveria ter o objetivo apenas de ser uma proteção e prevenção de violência física ou psicológica com relação ao sexo, muitas vezes é preconceituoso, pois baseia-se em valores morais que dependem de crenças que muitas vezes não são compartilhadas.

Quem está de fora do contexto de certas culturas pode ver as leis sexuais de alguns países como inusitadas, engraçadas, castradoras ou violentas. Mas o sentimento comum para os que conhecem este conteúdo é o estranhamento, confira os países e suas leis estranhas:

Hong Kong: justiça com as próprias mãos no adultério

Em Hong Kong é permitido que a mulher mate o marido a traiu, porém ela pode fazê-lo apenas suas mãos. A amante também pode ser morta e no caso desta não há restrições quanto a forma do assassinato pela traição.

Guam: mulher não pode casar virgem

Em Guam, uma ilha do Pacífico reconhecida como território sob administração dos EUA, é proibido se casar com uma mulher virgem. Assim, há homens cuja profissão é viajar pelo país para fazer sexo com as mulheres virgens para que estas possam se casar. Como se trata realmente de uma atividade profissional, estes homens são pagos pela prestação do serviço.

Bahrein: exame com espelho no ginecologista para evitar emoções

No Bahrein, os legisladores determinaram que ginecologistas só podem examinar as vaginas de suas pacientes olhando através do reflexo de um espelho, pois desta forma evita-se que o olhar diretamente ou o toque promova qualquer tipo de sensação.

Nigéria: mulher solteira violada, punição com chibatadas

Na Nigéria, a violação de qualquer mulher solteira é punida com cem chibatadas, porém é a mulher que recebe os golpes violentos por não cumprir a lei islâmica de poder fazer sexo apenas após o casamento.

Estados Unidos: proibida fantasia de pênis em atos oficiais

Em Nevada, nos Estados Unidos, é ilegal para qualquer membro da Legislatura vestir-se com uma fantasia de pênis enquanto o legislador estiver presente na sessão de um ato oficial.

Indonésia: decaptação por treino do prazer

Na Indonésia, a exploração do próprio corpo através de toques para treinar o prazer sexual é proibida, ou seja, a chamada prática da masturbação, se descoberta, é punida com a decapitação da pessoa.

Bolívia e Colômbia: mãe ausente e presente no sexo

Em Santa Cruz, na Bolívia, é ilegal manter relações sexuais com uma mulher e sua mãe ao mesmo tempo. Já em Cali, na Colômbia, uma mulher só pode ter relações com seu parceiro pela primeira vez, se sua mãe estiver presente para testemunhar o ato.

O que você acharia se algumas destas leis sexuais existissem no Brasil?

Leia Mais

Publicitário front-end, músico, poeta e ninja. Busca sempre uma forma de se auto-completar. Gosta de lutar por suas conquistas. Apreciador de cerveja e mulheres, sempre tem uma boa história pra contar!

Aplicativo de encontro pra lésbicas

app1
O aplicativo de encontros Scissr está sendo apontado como o equivalente para lésbicas do Grindr, só que mais “classudo” — um aplicativo de namoro “para lésbicas, por lésbicas”. Apresentamos o novo app Scissr, nomeado nada sutilmente com inspiração na posição sexual “tesoura”, que em inglês se chama “scissor”.
Segundo o “Guardian”, o aplicativo gratuito, que estará disponível no iOS e no Android, irá preencher uma lacuna no setor de apps mulher-procura-mulher. Criado pela instrutora de escalada baseada em Chicago Allison Ullrich, o Scissr promete oferecer uma experiência “alucinante”.
Depois de experimentar pouca sorte com as técnicas de namoro mais tradicionais de pular de bar em bar e misturar-se com amigos em comum, Allison teve a ideia de criar o Scissr.
“Eu acho que o que gerou a idéia foi a vida — a realidade — e as conversas que tive com os meus amigos a respeito dos relacionamentos e mulheres”, disse ela ao site “DNAinfo”.
Ullrich estava desapontada com aplicativos e sites heterossexuais focados como OkCupid, Match e Tinder. Este último, por exemplo, muitas vezes oferece homens como opção para mulheres mesmo que estas tenham especificado que preferem encontrar-se com outras mulheres.

Com a ajuda de seu amigo, Adnan Beck, e da empresa de desenvolvimento Ora Interactive, o app Scissr nasceu.
Usuárias devem ter mais de 18 anos, e são autorizadas a enviar três fotografias para o site, e escrever uma biografia de até 300 palavras.
O app contará com mensagens privadas e com a opção de abordar uma usuária ou adicioná-la a uma “lista de desejos”. Haverá também preferências, incluindo: “encontrar”; “amor e relacionamento”; “rede de contatos” e “amizade”. As opções de preferência sexual são: lésbica, bissexual e “curiosa”.
Tal como acontece com muitos outros apps de namoro e de mensagens, o Scissr irá trabalhar com dados de GPS para encontrar opções de romance em potencial em um local próximo da usuária, mas ao contrário de outros apps, não restringirá possíveis correspondências potenciais a uma certa proximidade.

O Scissr não é o primeiro aplicativo voltado para mulheres homossexuais: Daatch, Brenda e Wing Ma’am já estão no mercado e provaram-se populares. E sites como o Pink Cupid, Pink Lobster e DivaDate também existem. Mas Allison espera o Scissr ofereça mais.
“Queremos conectar e promover os membros da comunidade LGBT através de nossos interesses culturais independentes ou compartilhados”, disse ela.
Ainda não há data de lançamento para o Scissr, mas o site promete que o aplicativo vai ser liberado “em breve”.

Fonte : O Globo

Leia Mais

Publicitário front-end, músico, poeta e ninja. Busca sempre uma forma de se auto-completar. Gosta de lutar por suas conquistas. Apreciador de cerveja e mulheres, sempre tem uma boa história pra contar!

Receitas pro fim de ano com Jessenia Vice

Leia Mais

Publicitário front-end, músico, poeta e ninja. Busca sempre uma forma de se auto-completar. Gosta de lutar por suas conquistas. Apreciador de cerveja e mulheres, sempre tem uma boa história pra contar!

Chupa-la é bom e eu gosto!

Female-sex
Há algum tempo estive vendo por aí uma galera falando que existem homens que não gostam de fazer oral na parceira.

Como é?

Pois é, eu também fiquei “de cara” quando ouvi que existem homens que chegam a ter nojinho.

Nojinho? NOJINHO? NOJINHOOOOOOOO???

Participei de várias discussões, ouvi e li várias opiniões. E decidi escrever esse artigo pro blog, aliás, me deu vontade de voltar com o blog só pra escrever esse artigo. Feito!

Po sexo é bom, todos concordamos. Na minha opinião sexo é se entregar totalmente ao parceiro, então se você não gosta de botar a boca na botija (perdão o trocadilho), você, amigo, não gosta de sexo, não gosta da mulher ou não gosta de mulher, nada contra mas vai ser feliz.

Que não seja por gostar, mas quem não enlouquece ao ouvir o gemido da parceira, os puxões de cabelo, as chaves de perna, as mudanças de temperatura quando o gozo acontece alto, enquanto você se lambuza lá em baixo. E poxa, quando bem feito você com certeza vai receber algo a altura de volta!

“Poxa senhor Excomungado, mas eu não sou obrigado a fazer o que eu não gosto.”

Então meu bro, não reclama quando ela falar que tu mete mal.

“Mas senhor Excomungado, como fazer?”

A cara, existem um centena de blogs ensinando por aí, e eu podia copiar as dicas ou te ensinar as minhas manhas. Mas assim cara, é praticando que se chega a perfeição, e é gostando do trabalho que se é feliz.

“Tu fica aí se achando mas sabe nem o que tá falando.”

Só to falando de algo que gosto, e se eu gosto como eu posso ter nojo? Buguei!

É fácil, vamos imaginar a seguinte cena:

A luz baixa, o cheiro do suor doce dela entranha em seu nariz, acelerando o seu coração. Sorrisos e beijos em movimento por toda sala, correndo pro quarto, sempre agarrados. As roupas são arremessadas, uma a uma, enquanto tudo fica mais intenso, o calor do corpo dela, o gosto do beijo e a pegada.

Você a deita suavemente, engatinhado enquanto beija, pescoço, barriga e continua descendo. Ela faz o pequeno charme de sempre, e tranca a perna. Você sorri sabendo que ela vai abrir após algumas mordidas (de leve, por favor).

Só o barulho da respiração dela já te é suficiente pra saber que o ato foi aprovado. Então filho, se eu pudesse te dar um conselho, eu diria: “Cai de boca e vai ser feliz!” ;)

Leia Mais

Publicitário front-end, músico, poeta e ninja. Busca sempre uma forma de se auto-completar. Gosta de lutar por suas conquistas. Apreciador de cerveja e mulheres, sempre tem uma boa história pra contar!

10 Musicas pra se ouvir fazendo sexo #1

Ta na dúvida de uma trilha pra deixar aquela noite mais interessante? Toda semana (Talvez), traremos pra você uma playlist pra você não ficar no silêncio!

1 – The White Buffalo: The Whistler

Com essa voz surreal White Buffalo pode animar suas preliminares.

2 – Die Antwoord: Cookie Thumper

Bad boy pegando a garotinha “inocente”, fica bem se você gosta de fantasiar.

3 – Ed Sheeran: Make It Rain

Curte fazer devagarinho? Ed vai te ajuda… Faça chover…

4 – Budgie: Zoom Club

Vamos animar um pouco né? Não só de amor vive o homem.

5 – The Beatles: Come Together

“Come together, right now, over me!“

6 – Elvis Presley – One Night With You

Veja o nome da música: “Uma noite com você”. Então, aproveite.

7 – Blondie: Picture This

Só deixe rolar!

8 – Leonard Cohen: Chelsea Hotel#2

Todas as músicas de Cohen são Afrodisíacas. Fica a dica!

9 – The Doors: Touch Me

Jim Morrison sabia de muitas coisas, ouça e aprenda um pouco!

10 – Frank Sinatra: Got You Under My Skin

Frank Sinatra é sempre boa pedida, e a música diz tudo né?

E você leitor? Que músicas vocês gostam de ouvir naquele momento a dois?
Deixem aí nos comentários.
Semana que vem tem mais…

Leia Mais

Publicitário front-end, músico, poeta e ninja. Busca sempre uma forma de se auto-completar. Gosta de lutar por suas conquistas. Apreciador de cerveja e mulheres, sempre tem uma boa história pra contar!

content top